7 sinais de que você está em um relacionamento tóxico

7 sinais de que você está em um relacionamento tóxico

Um relacionamento amoroso pode trazer felicidade e amadurecimento a nossa vida, mas também pode ser bastante prejudicial, caso aspectos essenciais como afeto e respeito com o outro não se façam presentes.

Alguns questionamentos podem servir de parâmetro para a confirmação de que estamos vivendo um relacionamento tóxico com alguém:

O seu parceiro(a) contribui para sua insegurança e baixa autoestima? Faz frequentemente comentários críticos e nunca demonstra felicidade por suas conquistas? Você é considerado(a) por ele(a) uma pessoa ciumenta ou descontrolada, mesmo quando seu comportamento é razoável? Você está sempre se desculpando ainda que não tenha feito nada de errado?

Infelizmente muitas pessoas, mesmo desgastadas e adoecidas emocionalmente, podem permanecer em um relacionamento assim por toda uma vida. Isso tem explicação no fato de que um relacionamento tóxico também apresenta aspectos positivos (mesmo que sejam poucos). Frequentemente a relação ocorre em uma dinâmica de ciclos, caracterizada por fases ruins e outras em que tudo fica bem, causando a falsa impressão de que “a partir de agora as coisas serão diferentes”.

Veja 7 sinais de que você está em um relacionamento desse tipo:

1 – Ele(a) não apoia seus sonhos, projetos, escolhas de vida – Em alguns momentos pode sentir ciúmes do seu sucesso ou até ridicularizar suas conquistas.

2 – Demonstra ciúmes intenso dos seus amigos(as) e familiares, não permitindo que você tenha uma vida social para além desse relacionamento

3 – Costuma te criticar ou insultar (em alguns momentos dando a entender que está apenas “brincando”)

4 – Você se sente ansioso(a) e “pisa em ovos” ao lado dele(a) porque a qualquer instante pode ocorrer uma briga ou uma reação agressiva

5 – Ele(a) faz com que você sinta culpa por todos os problemas do relacionamento

6 – Ele(a) vive ameaçando terminar com você diante de qualquer tensão ou conflito

7 – Ainda que não consiga se distanciar, você vive imaginando uma realidade na qual não esteja nessa relação ou vivendo uma vida em que se sinta mais em paz ou feliz

Um outro fato importante é que existem pessoas que apresentam tendência a buscar relacionamentos tóxicos. Não se trata de uma escolha consciente, mas sim do perfil psicológico que possuem. São pessoas que tendem a ter baixa autoestima, dificuldade de dizer não ou de reconhecer sua própria importância. Podem sentir medo de serem abandonadas ou rejeitadas e, desse modo, acabam sempre cedendo às vontades do outro.

Uma forma de lidar com pessoas assim (agressivas, manipuladoras) seria, primeiramente, buscar uma mudança interna:

– Aprender a gostar mais de si mesmo (respeitar, valorizar quem se é)

– Saber o que se quer (não apenas agora, mas a longo prazo)

– Gostar de quem gosta de você e que, sobretudo, demonstra isso – não apenas por palavras – mas principalmente por atitudes.

Ler livros/ assistir vídeos a respeito do tema, compartilhar o que está vivendo com pessoas da sua confiança ou fazer terapia são caminhos que podem facilitar esse processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *